Estas perguntas foram enviadas por visitantes do nosso site. E Foram respondidas por especialistas em medicina do sono.

Pergunta: É verdade que sonhamos em preto-e-branco?
Resposta: Sim o sonho depende das memórias. Se você assistiu a algum filme em preto-e-branco e lembrar do filme ou de algum personagem do filme, seus sonhos serão em preto-e-branco.

Pergunta: Por que podemos sonhar com pessoas que nem ao menos conhecemos, nunca vimos na nossa frente?
Resposta: Se você vir alguém na rua e gravar o rosto em sua memória, essa face poderá aparecer em seus sonhos mesmo sem você saber quem é. Pode acontecer também de você ver distorcida alguma fisionomia conhecida.

Pergunta: Tenho 36 anos e desde os 30 tenho sérios problemas com o bruxismo; uso a placa para evitar a oclusão, mas acho extremamente desconfortável; existe algo mais moderno para tratar o bruxismo?
Resposta: O bruxismo ocorre durante períodos de sono superficial. No Laboratório do Sono pode-se descobrir a causa desse distúrbio do sono e corrigi-la em vez de tratar o efeito.

Pergunta: Quanto tempo dura normalmente um sonho?
Resposta: Cada sonho pode durar de alguns segundos até uma hora. Os sonhos ocorrem durante o período chamado de REM ("rapid eye movements"). O primeiro REM da noite dura cinco minutos, o último, próximo das seis horas da manhã, dura uma hora e pode conter diversos sonhos. Se a pessoa for acordada durante o REM, cada vez contará um sonho diferente.

Pergunta: Algum pesadelo pode levar, dependendo da intensidade, o ser humano à morte?
Resposta: Existem relatos de pessoas que morrem dormindo. Sabe-se que o pesadelo acelera o coração, aumenta a pressão. Não é, portanto, impossível que alguém, com problemas cardíacos, venha a morrer durante um pesadelo. O que não se tem é documentação comprovando isso.

Pergunta: O sonambulismo só ocorre enquanto estamos em sono REM?
Resposta: Existe um tipo de sonambulismo, muito raro, em que as pessoas representam seus sonhos. O sonambulismo comum, que atinge 5% das crianças, ocorre em estágio 4 do sono não-REM.

Pergunta: Quantas horas de sono é o ideal para uma pessoa?
Resposta: Para termos 100% do nosso desempenho, necessitaríamos dormir de 10 a 12 horas. A maioria das pessoas contenta-se com um desempenho de 90 a 95% e dorme 7 a 8 horas.

Pergunta: Vivo sempre muito atarefado; gostaria de conseguir dormir menos. Existe alguma forma de acostumar o organismo a dormir menos horas por dia?
Resposta: Infelizmente não. Pessoas muito motivadas conseguem passar algum tempo dormindo de 3 a 4 horas por dia durante algumas semanas ou meses. As conseqüências físicas e mentais podem ser graves e irreversíveis.

Pergunta: Tenho muito sono após o almoço, e sinto que isso atrapalha, e muito, meu rendimento nos estudos. Não como nada "pesado" durante o almoço. Você acha que é bom ou normal dar uma cochilada depois do almoço? Se afirmativo, por quanto tempo?
Resposta: Não é normal sentir sono durante o dia. É resultado de baixa qualidade ou quantidade de sono. Existe uma doença chamada narcolepsia que parece ser o caso de Dé. Depois do almoço existe tendência natural para adormecer. Os espanhóis e argentinos dormem 5 a 6 horas durante a noite e 2 a 3 horas durante a tarde. Isso é natural. Quem dorme 8 horas à noite deve passar 16 horas sem sentir sono. Para Dudu, recomendo um cochilo de 10 minutos.

Pergunta: Quando durmo, meu marido diz que fico dando pulos como se estivesse me assustando; isso acontece todos os dias. O que será isso?
Resposta: Quando estamos adormecendo, é normal ocorrer isso uma vez. Existe um distúrbio chamado "movimentos periódicos dos membros". Nesse caso os movimentos ocorrem de 40 em 40 segundos. O tratamento é bastante eficiente.

Pergunta: Os atuais ansiolíticos preservam, diminuem ou prolongam a fase REM do sono?
Resposta: Os ansiolíticos reduzem o sono REM. Não devem ser usados em longo prazo por isso.

Pergunta: Eu ronco bastante durante o sono. Existem tratamentos eficazes para tratar o ronco?
Resposta: Sim, os tratamentos não são simples, mas, combinando-se várias formas de tratamento, pode-se obter 100% de resolução.

Pergunta: Costumo acordar todas as manhãs pontualmente às 6 horas, mesmo tendo disponibilidade para dormir mais tempo. Não importa a hora que eu tenha ido dormir, acordo às seis. Gostaria de dormir um pouco mais. O que posso fazer?
Resposta: Você provavelmente venha a sofrer de insônia. Seu caso é de despertar precoce. Talvez seja bom procurar um laboratório do sono.

Pergunta: O excesso de atividade física pode tornar o sono menos repousante?
Resposta: Em geral a atividade física aprofunda mais o sono. É claro que se chegar à exaustão, ao dolorimento, o sono ficará prejudicado.

Pergunta: Afinal, o sonâmbulo pode ou não ser acordado?
Resposta: Como a pessoa está com seu cérebro adormecido, ela poderá ter reações como de um animal, pois será apenas o tronco cerebral que reagirá. Nesse momento alguns se machucam ao saírem correndo, por exemplo.

Pergunta: Gostaria de saber: meu sono é muito leve e sempre me prejudico por causa disso; meus irmãos são muito barulhentos e todas às vezes que chegam tarde, fico com insônia. Como posso combater isso e o meu sono ficar mais resistente?
Resposta: Se não existem casos de insônia na sua família, talvez seu sono seja leve, porque você toma café ou não cultiva hábitos saudáveis. Por enquanto, procure usar tampões nos ouvidos. Eles custam R$ 2,00 em casas de aparelhos auditivos e são extremamente úteis para quem mora em locais barulhentos.

Pergunta: Minha filha nasceu prematura de 6 meses, ficando 60 dias na estufa, com estímulos (luz, alimentação, movimento de gente no berçário) durante as 24 horas do dia. Desde bebê, nunca teve um sono tranqüilo; tinha pesadelos terríveis durante a infância, que chegaram a ser diagnosticados como terror noturno; hoje está sob efeito de medicação para controle da síndrome do pânico, e tem períodos de sono excessivamente longos, a ponto de abandonar atividades, prejudicando seu desempenho e desenvolvimento pessoal; está em terapia, mas o problema da desordem do sono continua; a quem (profissional) devo recorrer?
Resposta: Este é um caso típico para um especialista em sono.

Pergunta: Que dica você dá para fazer com que minhas filhas durmam mais cedo?
Resposta: Tirá-las cedo da cama pela manhã (entre 8 e 9 horas) e colocá-las para dormir às 21 horas, rigorosamente, todos os dias, sem exceção.

Pergunta: Costumo acordar e não conseguir me movimentar, escuto as outras pessoas ao meu redor mas não consigo abrir os olhos; só depois de alguns minutos é que consigo me movimentar. O que é isso?
Resposta: Isso se chama paralisia do sono. Ocorre com 40% das pessoas, quando se acordam em REM. Essa paralisia é normal durante o REM. Se acontecer freqüentemente, a pessoa pode ser narcoléptica (sofre de ataques de sono a qualquer hora).

Pergunta: Quando estou brigada com o namorado, não consigo dormir; tenho 40 anos, e nunca fui dessa forma; como trabalho muito, tomo um Princípio ativo, para conseguir dormir; como podes me ajudar?
Resposta: É normal que o sono diminua quando passamos por uma sobrecarga de qualquer tipo. Não tome calmante a não ser em último caso. A redução do sono pode ajudar a sair da depressão no dia seguinte. Se isso durar mais de 40 dias, procure um médico para tomar um antidepressivo.

Pergunta: Além do chá da mamãe, quais são os outros tipos de alimentos que acalmam o sono?
Resposta: O mais eficaz é o maracujá.